baking facial

Baking Facial

Compartilhe

Usada há muito tempo pelos artistas, especialmente por aqueles que passam horas a fio sob a iluminação pesada e quente de um palco, o baking facial é uma técnica de maquiagem que ganhou maior visibilidade para além dos palcos apenas nos últimos tempos.

Amplamente utilizada pelas drag queens, o baking ganhou fama e ampla divulgação através do talent show RuPaul’s Drag Race. O programa, que já está em sua décima temporada, é sucesso na TV mundial, e consiste em uma animada gincana conduzida por ninguém menos que a drag RuPaul.

O show testa as habilidades das candidatas drag em provas de dança, canto, costura e humor, que são submetidas a uma banca de jurados, que já contou com a participação de celebridades do calibre de Lady Gaga, Ariana Grande, Demi Lovato, Pamela Anderson e tantas outras estrelas.

O programa, que coleciona indicações e títulos, foi indicado ao EMMY de 2017 na categoria de melhor maquiagem de série e especial, já foi transmitido no Brasil pela VH1, Multishow e Comedy Central. As temporadas  8 e 9 estão disponíveis pela plataforma Netflix.

A técnica do baking também ganhou novos adeptos e maior visibilidade quando foi adotada há pouco por figuras pop do mainstream, como Kim Kardashian, Jennifer Lopes e Kylie Jenner.

O baking, palavra inglesa que, literalmente, significa assar, cozinhar, é uma técnica de maquiagem que busca fundir o pó translúcido com o corretivo na própria pele. A técnica se aproveita do calor e da oleosidade da própria pele do rosto para “assar”, “cozinhar” essa maquiagem, criando um aspecto próprio e característico, digno de uma pele perfeita.

O baking é a técnica, o ato de “assar”. Já o baked é o resultado, é a maquiagem pronta, já “assada”, na livre tradução do inglês.

Ao unir de forma natural o corretivo e o pó translúcido, a técnica faz com que a pele fique mais “selada”, com seus poros mais fechados. Isso garante maior durabilidade para a maquiagem e, ao mesmo tempo, propicia um acabamento muito mais bonito e aveludado, tanto visualmente quanto ao toque.

Essa técnica é muito poderosa para a região dos olhos, demonstrando excelentes resultados para disfarçar até as olheiras mais fundas e escuras.

No entanto, mais do que isso, o baking também pode ser usado na região do nariz, queixo e laterais do rosto, criando um potente efeito iluminador capaz de deixar a pele perfeita.

Como fazer o baking facial

Para iniciar o baking, primeiramente, deve-se passar um blur e, logo na sequência, a base que você utiliza normalmente no seu dia a dia. Você encontrará excelentes opções de produtos nas lojas Opaque, como Syncho Skin Glow da Shiseido.

Terminada a aplicação da base, é hora de ir para o corretivo. O corretivo deve sempre ser aplicado depois da base, já que é ele que irá entrar em contato direto com o pó translúcido, que virá na sequência, e que criará o efeito que estamos buscando.

O corretivo deve ser aplicado principalmente na região dos olhos, nas olheiras, já que este é o maior foco do baking. No entanto, como já dissemos, nada impede que a técnica também seja utilizada para cobrir outras áreas e regiões do rosto que apresentem manchas, assim como para se criar pontos de iluminação na face.

Após o corretivo é a vez do pó solto translúcido, que deve ser do tipo bem fininho, bem parecido com um talco ou uma farinha. Em alguns lugares esse pó também é conhecido como pó finalizador ou pó fixador de maquiagem. Uma boa dica é o Total Radiance Loose Powder, da Shiseido, também disponível nas lojas Opaque.

Vale deixar claro aqui que para fazer este make, o pó compacto não deve ser utilizado, pois ele não será capaz de dar o mesmo efeito que o pó solto propicia.

O pó a ser usado é o do tipo solto, que deverá ser translúcido. A opção por ele se dá pois ele reflete a quantidade de luz necessária para se criar o efeito de iluminação na medida correta.  Já o pó solto da cor branca potencializa muito a luz, o que pode deixar o look intenso demais ou mesmo estraga-lo.

Para que o pó seja corretamente espalhado pelo rosto, é interessante utilizar uma esponja levemente úmida, que não apresente nenhum tipo de aderência à pele, capaz de deslizar livremente pelo rosto.

É com essa esponja umedecida que deverá ser pego o pó solto, numa quantidade generosa, e daí iniciar a sua aplicação pelo rosto, por cima do corretivo que já está espalhado na pele.

O pó solto já aplicado no rosto pode ficar bem “enfarinhadinho” mesmo, colocando-se bastante produto na região que se busca iluminar. É normal que o pó se acumule mais em um canto do que em outro, mas isso será melhor distribuído no final.

ATENÇÃO: Ao aplicar a técnica na região dos olhos, é importante que o movimento da esponja seja do meio para as laterais, que o pó seja “puxado” para fora da região. A ideia é que a luz, ao bater nas regiões mais centrais do rosto, reflita-se para as laterais, espalhando e difundindo a luminosidade.

Devem-se evitar movimentos circulares, como se fosse uma meia lua, pois isso cria um péssimo efeito, conhecido como “panda invertido”, que deixa a região dos olhos mais clara do que o restante do rosto. (nos pandas é o contrário, já que a região dos olhos é escura e o resto do rosto é branco).

Baking: assando a maquiagem!

Terminada a aplicação do pó, agora é a hora de efetivamente “cozinhar” a maquiagem. O tempo mínimo indicado é de 20 minutos. No entanto, quanto mais tempo o pó ficar em contato com a base e com o corretivo, melhor será o resultado.

Aproveite este tempo “livre” para se dedicar à maquiagem dos olhos, principalmente na região das pálpebras superiores, trabalhando-as com um lápis ou rímel de sua preferência. Como a parte inferior dos olhos ainda está “assando”, ela deverá ser maquiada somente após o término de todo o processo.

O resultado

Passados os 20 minutos, é hora de a mágica efetivamente acontecer: com um pincel LIMPO, de preferência de cerdas naturais, devemos começar a “varrer” o pó que está sobrando. Não é necessária “força”, atrito, mas é fundamental um certo “empenho” para que se evite o acúmulo de pó em determinadas regiões.

E pronto! Agora você tem o baked perfeito e está pronta para brilhar e desfilar por aí a sua pele linda, macia e aveludada.

Comentários ()