Azul marinho e chapéus dominaram o casamento real

Compartilhe

Considerada a cerimônia mais importante do mundo, o casamento real entre a ex-atriz Meghan Markle e o príncipe Harry marcou o último sábado (19). Todas as atenções do mundo estavam no vestido na noiva, elogiado por boa parte de estilistas, e nos looks escolhidos pelos convidados. Como de praxe, a maioria das personalidades destacaram os chapéus, acessório muito comum neste tipo de cerimônia. Além disso, a cor predominante nos vestidos e detalhes foi o azul marinho.

Rainha Elizabeth 2ª

Os chapéus no casamento real são considerados atrações à parte. No casamento entre Meghan e o príncipe Harry, o uso deste acessório não se limitou às convidadas. A rainha Elizabeth 2ª usou um chapéu de Angela Kelly, com cristais de renda feitos à mão. Kate Middleton, por sua vez, apostou em um que possuía uma flor em uma das abas, enquanto a duquesa de York Sarah Ferguson, em uma casqueta, com rede cobrindo parte do rosto. Outros destaques ficaram por parte das celebridades, como Oprah Winfrey, que usou um chapéu de penas e abas largas.

Victoria Beckham (Image source: Twitter/Victoria Beckham FR)
Victoria Beckham (Image source: Twitter/Victoria Beckham FR)

O azul marinho predominou o casamento real. A cor é a preferida dos fashionistas, sendo a mais explorada por celebridades na cerimônia, como Victoria Beckham, Sarah Rafferty e Chelsy Davy. Não só, o verde claro, usado pela mãe de Meghan, Doria Ragland, e o rosé, explorado por Serena Williams e Oprah Winfrey, além da duquesa da Cornualha Camilla  Rosemary Shand. Outro azul, o celeste, ganhou a preferência da princesa Eugenie de York.

Doria Ragland (Getty Image)
Doria Ragland (Getty Image)

Entre os destaques positivos da cerimônia, estavam a mãe de Meghan, Doria Ragland, que escolheu um vestido verde-menta com o casaco no mesmo comprimento, com detalhes bordados em branco. Apesar de não optar por uma das cores predominantes, Serena Williams foi elogiada por escolher um look monocromático em tom rosé, que deixou a composição harmônica e extremamente elegante.

Kate Middleton
Kate Middleton no casamento real

Já entre os negativos, Kate Middleton causou polêmica entre os especialistas. A realeza usou um tom de amarelo que pode ser facilmente confundido com o branco da noiva – cor que deve ser evitada usada por convidadas em casamentos.

O look da noiva

A ex-atriz Meghan Markle optou por uma criação de Claire Waight Keller, primeira mulher à frente da grife francesa Givenchy. A peça foi considerada minimalista pela maioria dos fashionistas, com decote ombro a ombro, que valoriza o colo e o pescoço, segundo Marta Macedo, em entrevista ao jornal O Globo. Ao mesmo veículo, Maria Mendes classifica o vestido como “escândalo, liso, sem nada e chique”. Na tiara, a americana usou diamantes cravejados de 1893.

Meghan Markle no casamento real
Meghan Markle

Depois, Markle escolheu outro vestido minimalista para a recepção de seu casamento. O look era branco de crepe de seda com gola alta e sem mangas assinado pela estilista Stella McCartney. Para compor, selecionou sapatos de solas azul-bebê.

Além da moda: casamento real quebrou paradigmas

Realizada na Capela St. George, em Windsor, o casamento real foi assistido por mais de 1,9 bilhão de pessoas do mundo. Toda a beleza da cerimônia também levantou questões sociais, como a presença negra e o empoderamento da mulher, já que Meghan Markle é filha de uma afro-americana e declara-se como feminista, respectivamente.

A família real convidou o reverendo Michael Bruce Curry, negro, da Igreja Episcopal dos EUA, para fazer a homilia do casal, quebrando o protocolo britânico. Outro negro com destaque foi o violoncelista Sheku Kanneh-Mason, de 19 anos, que encantou o público com a sua apresentação.

Para especialistas em direitos humanos, o casamento entre Meghan e o príncipe Harry quebrou muitos protocolos britânicos, entre eles as características da noiva: negra, americana e divorciada.

Na cerimônia, a então princesa omitiu a palavra “obedecer” dos tradicionais votos. Em inglês, os votos tradicionais para a mulher costumam citar “love, cherish and obey” (amar, cuidar e obedecer, em português). Ela parou em “love and cherish” (amar e cuidar).

Comentários ()