Pele no inverno

Como cuidar destes 3 efeitos na pele causados pelo inverno

Compartilhe

É comum as pessoas sentirem mudanças significativas no organismo com a chegada do inverno. Algumas reclamam dos efeitos que a temperatura baixa causa na pele – ressecamento, rachadura labial e oleosidade. Neste artigo, você descobrirá um pouco mais sobre cada um deles e  como cuidar da pele após a passagem da estação.

Pele seca

Por ficar exposta ao vento frio e tecidos de roupas mais grossas, a pele tende a ficar ressecada. Outro fator externo que influencia o ressecamento são os banhos quentes. Nessas condições, toda a pele resseca e, em alguns casos, ocorre a descamação.

Rachadura labial

No inverno, os lábios são os mais afetados pois sofrem com as temidas rachaduras. Essa condição acontece porque a pele é mais fina do que o restante. Algumas pessoas chegam a passar a língua na região para impedir o ressecamento, porém esse hábito mais prejudica que ajuda. O pH ácido e as enzimas presentes na saliva agridem a pele fina.

Oleosidade

A maioria das pessoas que têm pele oleosa sofrem com esse mal também no inverno. Os banhos quentes estão entre as principais causas para a oleosidade inclusive no couro do cabelo. Além disso, as condições da estação contribuem para a produção desse aspecto gorduroso.

Como cuidar destes 3 efeitos causados pelo inverno

Com o fim do inverno, é importante adotar alguns cuidados para garantir uma pele bonita, saudável e sem oleosidade. São hábitos práticos e que devem ser praticados diariamente em qualquer estação.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologista, você deve ter estes cuidados com a pele durante e depois do inverno.

Hidratação

Por causa do clima frio e seco, a pele tende a ficar com a deficiência de proteínas. Quando isso ocorre, a região fica esbranquiçada. Para evitar, é importante investir em hidratação profunda, que inclui o uso de cremes hidratantes e a ingestão de água – no mínimo 2 litros. As peles oleosas, por sua vez, devem evitar cremes comuns no rosto.

Outra região que precisa de hidratação são os lábios. Como citamos, é comum ocorrer o ressecamento e as rachaduras. Portanto, use umectantes labiais várias vezes ao dia. Certos batons possuem efeito hidratante que também podem ser explorados em dias frios.

Outras dicas para hidratar a pele

  • Invista em cremes hidratantes que são ideais para a sua pele;
  • Lave o rosto com água fria, duas vezes ao dia;
  • Água termal também ajuda a hidratar o rosto.

Alimentação rica em vitaminas e nutrientes

Para proteger a pele de radicais livres e envelhecimento precoce, a alimentação natural (frutas, legumes e hortaliças) é uma arma poderosa para cuidar dos efeitos negativos do inverno.  Além de ser composta por água, importante para a hidratação, é rica em nutrientes e vitaminas, que agem contra os radicais livres no organismo.

Laranja, morango, mexerica, limão, cereja, brócolis, cenoura e repolho, ricos em vitamina C, são exemplos de alimentos que devem ser consumidos nesta estação tanto para a pele quanto para o sistema imunológico, já que no inverno as pessoas costumam ficar gripadas.

Dicas de como alimentar-se bem no inverno

  • Escolha por alimentos naturais ricos em água;
  • Beba pelo menos 2 litros de água por dia;
  • Prefira sucos naturais;
  • Prepare sopas à base de legumes;
  • Evite alimentos gordurosos.

Proteção solar

Embora o sol não apareça muito no inverno, ele não é inofensivo. As consequências dos raios solares continuam prejudiciais à saúde da pele durante os dias frios, causando o temido envelhecimento precoce. Usar o protetor solar, portanto, é indispensável em qualquer estação do ano.

Dicas de como se proteger dos raios solares no inverno

  • Aplique e renove o protetor solar a cada 2 horas;
  • Opte por fator FPS entre 30 e 60;
  • Não esqueça de proteger as orelhas, lábios e peito do pé.

Comentários ()