Tudo que você precisa saber sobre melasmas.

Melasmas: entenda esse problema e aprenda a tratá-lo

Compartilhe

Com certeza você conhece alguém que tenha melasmas, aquelas manchas escuras que tomam conta do rosto gradativamente.
No entanto, apesar de comuns, as pessoas raramente entendem esse problema e sabem como minimizá-lo.

Para facilitar a vida de quem tem a autoestima prejudicada pelos melasmas, vamos explicar um pouquinho sobre e te mostrar formas de lidar com eles. 

O que são os melasmas? 

Os melasmas nada mais são que um acúmulo de melanina (substância que nos dá pigmento) em diversas regiões da pele.
Geralmente esse problema é mais frequente em mulheres adultas, asiáticos, latinos e pessoas de pele negra. 

Quais os tipos? 

Melasmas podem ser classificados em três categorias, que se diferem de acordo com a profundidade da disfunção. São elas: 

  • Epidérmica: manchas mais superficiais, localizadas na camada mais fina da pele.
  • Dérmica: manchas em grau mais acentuado, englobando outras camadas da pele. 
  • Forma Mista: nesse caso a disfunção alcançou camadas mais profundas da pele.

É preciso que um dermatologista faça o diagnóstico correto do seu nível de melasma pois, somente assim será possível determinar o tratamento adequado.

Quem tem melasmas deve usar protetor solar?

Sim, o uso diário de protetor solar é indispensável para conseguir melhorias nos melasmas.
Isso porque o Sol agride a pele, podendo acentuar as manchas ou, ainda, criar novas. Ou seja, é essencial que se tenha proteção FPS todos os dias! 

Como tratar os melasmas? 

Apesar de não terem cura, os melasmas podem ser tratados e minimizados. Atualmente existem diversos tratamentos estéticos que agem renovando as camadas da pele, como peeling e microagulhamento.
Além deles, outras opções menos abrasivas podem apresentar resultados. É o caso dos cremes de tratamento a longo prazo, que hidratam e clareiam as manchas por meio de princípios ativos clareadores ou ácidos. 

Para encontrar a melhor forma de tratamento para você, não se esqueça de procurar um dermatologista de sua confiança.
Somente ele vai conseguir encontrar o método que oferecerá mais benefícios para a sua pele, sem agredí-la.
Lembre-se que os tratamentos caseiros podem piorar o estado da sua pele sem oferecer resultados reais. 

Aqui na Opaque, nossas consultoras também irão recomendar produtos condizentes ao grau dos seus melasmas, sempre com muita responsabilidade e profissionalismo.
Conte com a gente! Até a próxima semana, #Opaquer.

Comentários ()